Blog Estudos e Sucesso

Esta página é voltada para a discussão de questões referentes ao Direito Administrativo, principalmente, por meio de questões comentadas cobradas em concursos públicos

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Tipos de Concurseiros

Ao longo de vinte e dois anos preparando candidatos, identifiquei vários tipos de concurseiros:


o idealista, que quer ser servidor para melhorar a administração pública, em prol do cidadão-cliente e de toda a humanidade.


o necessitado, que não é vocacionado nem idealista, e carece do emprego e do salário para sobreviver e pagar as contas.


o desmotivado: faltam-lhe força espiritual e energia, e sobram-lhe desculpas e justificativas.


o motivado, sempre pronto para estudar e aprender – quanto maiores o desafio e a concorrência, mais motivação ele tem para os estudos.


o derrotista, que entra na “fila” já derrotado e reprovado, seguro de que não passará “mas não custa nada tentar, quem sabe dou sorte”.


Há, ainda, o arrogante, que “sabe tudo”: critica os professores, a estrutura da escola, o material didático e tudo ao seu redor, esse não passa, mas dá um trabalho danado para a organização do curso.


E há o tipo ideal. É aquele que conhece as dificuldades e as regras do jogo, tem consciência de quanto precisa estudar para ser aprovado, reconhece as dificuldades de um concurso e não mede esforços e investimentos para alcançar seus objetivos, com a paciência chinesa e a disciplina de um maratonista.


Por José Wilson Granjeiro; No twitter: @JWGranjeiro

Um comentário:

Anônimo disse...

Parabéns pela montagem do texto. Muito interessante sua percepção em relação aos perfis existentes para cada tipo de concurseiro. Destaco o "Arrogante" que, atualmente, em minha humilde concepção, é um dos casos mais frequentes dentro de uma sociedade de fácil acesso a informação(internet) que faz de todos donos da sabedoria(O que considero " Filhos do Google")